Passagem comprada, reservas feitas, viagem chegando, chegou a hora de decidir como vai levar seu o seu dinheiro.

Há muito tempo aquela forma clássica de levar uma grande quantia em espécie já ficou para trás e hoje temos muitas outras alternativas, mas qual será a melhor delas?

1. Dinheiro em espécie

Apesar de ser o jeito mais antigo, muitas pessoas ainda escolhem levar todo o dinheiro em espécie.

Vantagens:

> IOF menor do que em qualquer tipo de cartão

> Maior controle dos gastos

Desvantagens:

> Há um grande risco de perder todo o dinheiro em caso de furtos

> Você terá que transportar todo o dinheiro na carteira ou deixar uma parte no hotel

> Em casos de imprevistos, pode ser necessária uma quantia maior de dinheiro do que aquela que foi planejada inicialmente

2. Cartão pré-pago

Essa se tornou rapidamente uma das formas preferidas dos viajantes para levar dinheiro ao exterior.

O cartão pré-pago é bem prático e pode ser adquirido em qualquer casa de câmbio ou até mesmo em alguns bancos.

Vantagens:

> É seguro

> É prático

> Você pode ir carregando todos os meses para juntar dinheiro até o dia da viagem

> Pode ser usado para saques em caixas eletrônicos no exterior

Desvantagens:

> IOF alto (6,38%)

> Taxa de saque alta

3. Cartão de crédito

Para viajantes frequentes, o cartão de crédito além de uma das melhores formas de levar dinheiro pode ser ainda um grande aliado, isso porque alguns cartões oferecem benefícios para os titulares como seguro viagem, seguro para carro alugado no exterior, seguro bagagem, seguro saúde e acesso aos lounges do aeroporto.

Vantagens:

> É seguro

> É prático

> Acumula milhas para a próxima viagem

> Não precisa ter o dinheiro na hora

> Permite saques em caixas eletrônicos no exterior

Desvantagens:

> IOF alto (6,38%)

> Taxa de saque alta

> Não há como saber o valor total gasto antes do fechamento da fatura

> Falta de controle dos gastos

4. Cartão de débito

Não tão comum, mas muitas pessoas preferem juntar o dinheiro na própria conta corrente e gastar tudo no cartão de débito durante a viagem.

Vantagens:

> É seguro

> É prático

> Permite o controle dos gastos

> Permite saques no exterior

> Não há fatura para pagar após a viagem

Desvantagens:

> IOF alto (6,38%)

> Taxa de saque alta


A verdade é que todas essas opções possuem vantagens e desvantagens. O ideal é nunca escolher apenas uma delas, por exemplo, eu sempre concentro meus gastos no próprio cartão de crédito para aproveitar os benefícios que ele me oferece, mas ao mesmo tempo levo uma quantia em espécie também.

E aí? Qual é a sua forma preferida de levar dinheiro para o exterior? Conta pra mim nos comentários!

avatar
Alda Zanré
Alda Zanré

Parabéns pelo material!!!