Você já ouviu aquele ditado “é melhor prevenir do que remediar”? Pois é, quando o assunto é seguro viagem essa frase faz total sentido.

Existem muitas pessoas que preferem não contratar um seguro viagem, afinal ele quase sempre é um dinheiro “jogado fora”, já que a maioria não precisa usá-lo (Ainda bem!).

Mas para entender se você precisa ou não de um seguro viagem, vamos aprender um pouco mais sobre o assunto?

O que é seguro viagem?

O seguro viagem é como se fosse um convênio médico temporário, que te dá cobertura hospitalar durante todo o período da viagem, se precisar ir ao hospital, eles vão pagar tudo para você, ou te devolver todo o dinheiro caso você passe em um hospital que não seja credenciado.

Além de hospitais, o seguro viagem ainda cobre emergências odontológicas, despesas farmacêuticas e seguro de suas bagagens, caso alguma delas seja extraviada.

O seguro viagem é obrigatório?

Isso depende de qual país você vai visitar.

Existem alguns países da Europa que fazem parte do Acordo de Schengen, que exige que todos os turistas tenham um seguro viagem com cobertura de no mínimo € 30.000.

No total são 26 países que fazem parte do acordo: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Islândia, Letônia, Lituânia, Liechtenstein, Malta, Noruega, Luxemburgo, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Onde posso contratar um seguro viagem?

Você pode contratar o seguro viagem em qualquer agência de turismo, sites de viagens ou até mesmo com a própria seguradora escolhida.

Como entrar em contato com a seguradora em caso de emergência?

Assim que você contratar o seguro irá receber um voucher com um número de telefone 24 horas, em caso de emergência é só ligar que eles vão te encaminhar para o hospital mais próximo.

Por que é tão importante contratar o seguro viagem?

Claro, a última coisa que pensamos quando estamos planejando uma viagem é em doença, mas fato é que nós nunca sabemos quando algo vai acontecer.

Existem vários países, que diferente do Brasil, não possuem um sistema de saúde público disponível em caso de emergência, ou seja, se você precisar de atendimento médico vai precisar pagar tudo do próprio bolso.

Já pensou ter que desembolsar 10, 15 ou até mesmo 20 mil dólares sem estar preparado?! Melhor não arriscar né!

Dicas importantes:

>Nunca escolha um seguro somente pelo preço

>Leia todas as letras miúdas do contrato, é muito importante saber exatamente o que está comprando


E aí? Você é do time que viaja com ou sem seguro viagem? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários.

Seguros Promo
avatar